Aulas

Curso de HTML Básico – Aula 11 | Semântica avançada

por: Bernardo Collet

atualizado há 5 meses atrás

Curso de HTML Básico Aula 11 - Semântica avançada

Exploração da semântica de elementos – <nav>, <header>, <aside> e <main>

Primeiramente, nesta aula, vamos explorar a semântica de elementos HTML essenciais para a estruturação e organização de páginas web: <nav>, <header>, <aside> e <main>. Ou seja, esses elementos são parte do conjunto de tags semânticas introduzidas no HTML5, que visam melhorar a acessibilidade, a usabilidade e a compreensão do conteúdo pelos motores de busca.

Semântica do elemento <nav>:

O elemento <nav> é usado para definir uma seção de navegação em uma página. Ou seja, ele deve conter links para outras partes do site ou para diferentes seções da página atual. Enfim, a navegação está presente no cabeçalho ou no rodapé do site. Todavia, é importante ressaltar que o uso do elemento <nav> não garante por si só uma navegação eficiente, mas ajuda a indicar ao navegador e aos leitores de tela a finalidade desse bloco de conteúdo.

Exemplo de uso:

<header>
  <nav>
    <ul>
      <li><a href="/">Página Inicial</a></li>
      <li><a href="/sobre">Sobre</a></li>
      <li><a href="/produtos">Produtos</a></li>
      <li><a href="/contato">Contato</a></li>
    </ul>
  </nav>
</header>

Semântica do elemento <header>:

O elemento <header> é utilizado para representar o cabeçalho de uma página ou de uma seção. Enfim, ele contém o logotipo, o título principal, a descrição breve do site e outros elementos relacionados à identidade e à introdução do conteúdo. Ou seja, o elemento <header> não se limita ao topo da página, podendo ser usado em diferentes seções para criar cabeçalhos específicos.

Exemplo de uso:

<header>
  <h1>Meu Site</h1>
  <p>Bem-vindo ao meu site pessoal!</p>
</header>

Semântica do eElemento <aside>:

O elemento <aside> é utilizado para definir um conteúdo lateral que está relacionado ao conteúdo principal da página, mas que pode ser considerado secundário. Enfim, ele pode conter informações complementares, como anúncios, links relacionados, biografias do autor, trechos de código, entre outros. Ou seja, o conteúdo do <aside> pode ser independente do conteúdo principal, mas ainda assim relacionado a ele.

<main>
  <article>
    <h2>Título do artigo</h2>
    <p>Conteúdo principal do artigo...</p>
  </article>
  
  <aside>
    <h3>Artigos relacionados</h3>
    <ul>
      <li><a href="#">Artigo relacionado 1</a></li>
      <li><a href="#">Artigo relacionado 2</a></li>
      <li><a href="#">Artigo relacionado 3</a></li>
    </ul>
  </aside>
</main>

Semântica do elemento <main>:

O elemento <main> representa o conteúdo principal de uma página. Antes de mais nada, ele deve ser único em uma página e conter o conteúdo central que é relevante para o propósito do documento. Ou seja, o uso do elemento <main> ajuda a estruturar o layout e a fornecer informações aos leitores de tela, indicando onde está o conteúdo principal. Enfim, é importante ressaltar que elementos como <header>, <nav>, e não devem estar dentro do <main>, pois eles são considerados conteúdo adjacente.

Exemplo de uso:

<body>
  <header>
    <h1>Título do Site</h1>
    <nav>
      <!-- Navegação -->
    </nav>
  </header>

  <main>
    <article>
      <h2>Título do Artigo</h2>
      <p>Conteúdo principal do artigo...</p>
    </article>

    <aside>
      <!-- Conteúdo relacionado -->
    </aside>
  </main>

  <footer>
    <!-- Rodapé -->
  </footer>
</body>

Então, nesta aula, aprendemos sobre os elementos semânticos <nav>, <header>, <aside> e <main>, e sua importância na estruturação e organização de páginas web. Enfim, ao utilizar esses elementos de forma adequada, melhoramos a acessibilidade, a usabilidade e a compreensão do conteúdo pelos usuários e pelos motores de busca.

Melhorando a Acessibilidade e Indexação de Páginas por Mecanismos de Busca

Nesta aula, vamos explorar técnicas para melhorar a acessibilidade e a indexação de páginas por mecanismos de busca. A acessibilidade garante que pessoas com deficiências possam acessar e interagir com o conteúdo da web, enquanto a indexação eficiente pelos mecanismos de busca é fundamental para aumentar a visibilidade e a relevância de um site. Vamos discutir práticas importantes que ajudam a criar sites mais inclusivos e a aumentar a visibilidade nos resultados de busca.

Melhorando a Acessibilidade:

Estrutura semântica:

  • Utilize elementos semânticos HTML, como <nav>, <header>, <main>, e , para estruturar corretamente o conteúdo da página, facilitando a compreensão e a navegação pelos usuários e pelos leitores de tela.
  • Utilize atributos como “alt” em imagens e “aria-label” em elementos interativos para fornecer descrições e rótulos claros, auxiliando usuários com deficiência visual.

Contraste e legibilidade:

  • Escolha combinações de cores com bom contraste para garantir que o texto seja legível para todos os usuários.
  • Evite utilizar apenas cores para transmitir informações importantes, fornecendo também indicações textuais.

Navegação e teclado:

  • Certifique-se de que seu site seja totalmente navegável por teclado, permitindo que usuários que não utilizam o mouse possam interagir com todo o conteúdo.
  • Adicione uma navegação clara e consistente, com destaque para links importantes e facilidade de compreensão.

Formulários e campos de entrada:

  • Utilize marcações apropriadas para rótulos de formulários, associando-os corretamente aos campos de entrada correspondentes.
  • Forneça dicas e instruções claras sobre o formato e os requisitos dos campos, ajudando os usuários a preencher corretamente as informações.

Melhorando a Indexação por Mecanismos de Busca:

Estrutura HTML bem definida:

  • Utilize um HTML semântico e bem estruturado, com o uso adequado de cabeçalhos (, , etc.) e parágrafos (), destacando as palavras-chave relevantes.

Meta tags:

  • Utilize as meta tags adequadas, como a meta tag de descrição (), fornecendo uma breve descrição do conteúdo da página para os mecanismos de busca.
  • Utilize a meta tag “robots” () para permitir a indexação e o rastreamento da página pelos mecanismos de busca.

URLs amigáveis:

  • Utilize URLs descritivas e amigáveis, que incluam palavras-chave relevantes, facilitando a compreensão do conteúdo e melhorando a classificação nos resultados de busca.

Otimização de conteúdo:

  • Otimize o conteúdo da página, incluindo palavras-chave relevantes em títulos, parágrafos e tags de cabeçalho.
  • Crie um conteúdo original, de qualidade e relevante, que seja útil para os usuários e atraente para os mecanismos de busca.

Por fim, nesta aula, exploramos técnicas para melhorar a acessibilidade e a indexação de páginas por mecanismos de busca. A criação de sites acessíveis permite que pessoas com deficiências possam usufruir do conteúdo da web, enquanto uma indexação eficiente pelos mecanismos de busca aumenta a visibilidade e a relevância de um site nos resultados de busca. Enfim, ao aplicar essas práticas, podemos construir sites mais inclusivos e alcançar um maior público, melhorando a experiência do usuário e a visibilidade online.

Woocommerce

Otimização de Desempenho para sua Loja WooCommerce: Estratégias Eficientes

Descubra como otimizar sua loja no WooCommerce para aumentar vendas e a satisfação do cliente. Estratégias e dicas eficazes!
Elementor

Elementor vs. Outros Construtores de Página: Qual a Melhor Escolha para o seu Site?

Construtores de Página: Descubra as vantagens do Elementor em comparação com outros construtores e encontre a ferramenta ideal para você.